Reflexões sobre Relacionamentos

| O que é mais importante para você num relacionamento? Como está essa área super importante na sua vida? Seja a forma de se relacionar no contexto familiar, amoroso ou na vida social em geral? Vem refletir um pouco comigo sobre isso...

Reflexões sobre Relacionamentos

1 Conceito

Relacionamentos, se ampliarmos nossa visão dessa área da vida, poderíamos dividir os relacionamentos em família, relacionamento amoroso e vida social. Em família consideraremos pais, irmãos, filhos, dependendo da estrutura familiar. É nessa base de relacionamento que se forma nossa essência, e aprendemos a conviver com o próximo - de forma legal ou nem tão legal assim. Em relacionamento amoroso, a pessoa que compartilhamos nosso dia a dia, nosso(a) parceiro(a) de vida, aquela que nos relacionamos mais intimamente - e ouso dizer, a que melhor deveria nos conhecer, se realmente somos sinceros e transparentes e nos deixamos ser conhecidos. E em vida social entram todos os demais convívios, com amigos, colegas, conhecidos, etc e tal.


O dicionário define Relacionamento como
"Ato de relacionar, de estabelecer uma ligação, uma conexão com algo ou alguém;
Relação amorosa, afetiva, de amizade ou de intimidade entre pessoas;
Maneira de tratar, de conviver bem, de se conectar amigavelmente com outras pessoas."



2 Palavras-chave para buscar mais


Para você qual destas palavras é mais importante? Se pudesse escolher somente 3, quais escolheria? Talvez suas palavras-chave não estejam entre estas, sejam outras. Ter claro o que é importante para nortear nossos relacionamentos é essencial para vivermos os valores certos na nossa vida, que fazem sentido para nós. Ter claro o que cada um significa também!


Amor
Compreensão
Diálogo
Perdão
Parceria
Sinceridade
Segurança
Prazer
Amizade
Reconciliação


3 A minha palavra-chave atual


AMOR PRÓPRIO. Para a Edel, o amor é a palavra-chave central de qualquer relacionamento, seja familiar, seja amoroso, seja de amizade. Um amor que se torna atitude em palavras, em atos de serviço, com o presente da presença, a dedicação do tempo e toque físico, não necessariamente todo esse conjunto rolando ao mesmo tempo. Sou uma pessoa que gosta de atenção, de conexão verdadeira e relacionamentos de qualidade. Só que talvez um pouco egoísta também: se não tiver isso comigo mesma, em primeiro lugar, a situação complica. Quando cuido de mim primeiro, é leve cuidar do outro depois. Receber ele, como ele é. Se soubermos amar e tolerar a nós mesmos - e perceber que temos altos e baixos dependendo da situação - será mais fácil amar e tolerar quem Deus coloca em nosso caminho para cuidar, conviver e compartilhar a vida e nossas experiências.


4 Aprendizados para a vida


Amor próprio, porque se você não suportar o seu jeito, quem suportará? Amor próprio, pois se você não sabe o que deseja, quem saberá por você? Amor próprio para você se apaixonar por quem você é em primeiro lugar. Se estivermos bem, conseguiremos cuidar melhor e de forma mais leve de todos os relacionamentos a nossa volta - na família, no amor, nas amizades. Talvez seja o caso de ser mais desligada(o) às vezes, e passar a interpretar tudo da melhor maneira, com mais compreensão. Se o que esperamos do nosso próximo, conseguimos demonstrar a nós mesmos, aí nossos relacionamentos irão bem, obrigada. É uma missão difícil, com certeza. Alguém já te contou que é fácil e que existe poção mágica para um relacionamento de sucesso? Amor, paciência e compreensão nem sempre são qualidades fáceis de viver e com as quais conviver. Porque nosso eu egoísta é exatamente bem ruim, e muito o contrário de tudo isso. Porém nosso foco não deve ser esse eu que nos faz mal, e sim o eu que nos faz bem, e viver de bem, em primeiro lugar com nós mesmos.

 

VEJA O QUE JÁ ROLOU POR AQUI SOBRE ESSA ÁREA DA VIDA NA

linkagem de referência


Comece a se organizar assistindo a maratona de TOKFLIX DA EDEL: 

Nenhum comentário:

© Copyright 2019 | Edeltraut Lüdtke | Proibida reprodução do conteúdo deste blog sem permissão. Tecnologia do Blogger.